Luiz Eduardo Carneiro Silva de Souza Lima



Nasceu em 1977, no Rio de Janeiro (RJ). É ex-atleta olímpico da natação e graduado em Educação Física. É conhecido nacionalmente como grande atleta fundista do país. Nos Jogos Pan-Americanos de 1995, na Argentina, ganhou duas medalhas de prata nos 400m e nos 1500m livres. O ouro veio no Pan de Winnipeg, no Canadá, em 1999. Em 1995, superou o recorde do brasileiro Djan Madruga, nos 1500m livre, que durava desde 1976. Seu recorde nacional de 1998 durou 11 anos. Participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Sidney 2000. A partir da década de 2000, deixou as piscinas e dedicou-se às maratonas aquáticas. Foi campeão brasileiro em 2006 e sul-americano em 2008. Seu pentacampeonato na Travessia dos Fortes (de 2002 a 2006) – competição realizada no Rio de Janeiro – ajudou na divulgação das maratonas aquáticas no Brasil. Em 2010, criou a equipe LL Gladiadores, a partir do Projeto Natação no Mar, o pioneiro e primeiro a estabelecer treinos regulares de natação em águas abertas no Rio de Janeiro.

Vida política

L uiz Lima iniciou a vida política em 2016 quando, após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, aceitou o convite para ser Secretário Nacional de Esportes de Alto Rendimento. Ele foi o primeiro professor de educação física a assumir o cargo. Trabalhou em Brasília com muita seriedade ao gerir dinheiro público e foi responsável por otimizar os gastos, aumentando a transparência e a governabilidade da pasta. Ele ficou um ano no cargo e teve sua gestão elogiada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Foi selecionado entre mais de quatro mil inscritos para participar do programa de formação política RenovaBR, que teve Luciano Huck e empresários como apoiadores em busca da renovação política. Em 2018 foi eleito Deputado federal pelo PSL no estado do Rio de Janeiro com 115.119 de votos, sendo o oitavo mais votado no estado. Ele recebeu votos nos 92 municípios do Rio de Janeiro.

OBJETIVO

Ser um verdadeiro representante do povo da esfera federal, atuando pelo desenvolvimento do estado, redução de desigualdades e ampliação de oportunidades de vida e saúde.